Transformação Digital: O que é e os Impactos nas Corporações

Por Oerton Fernandesi

Transformação digital é um processo no qual as empresas fazem uso de tecnologias para melhorar o desempenho, aumentar o alcance e garantir resultados melhores. É uma mudança estrutural e conceitual nas organizações dando um papel essencial para a tecnologia. 

Gestores de TIC (tecnologia da informação e comunicação) pelo mundo definem como um processo contínuo de evolução, alocando recursos, sejam físicos ou financeiros, nos lugares certos, como substituir o legado antigo, e muitas vezes obsoleto, por novas plataformas, tirando o máximo proveito em tecnologias e conceitos como cloud computing, já muito difundido e utilizado, inclusive no setor governamental hoje com projetos voltados ao cidadão.

Mas qual a essência do conceito? Bem, transformação digital não é apenas o mundo do Facebook, Google, LinkedIn, Instagram e outras empresas de internet.

Para fazer a Transformação Digital é essencial entender sua essência. Uma verdadeira transformação passa pela reinvenção de todo o modelo e estratégia corporativa, com processos automatizados e ágeis, sempre utilizando o conceito de digital e integrado com às áreas de TIC 

Estes modelos e estratégias corporativas devem fazer parte das necessidades das áreas fins e da área de TIC, bem como fazer sentido para os objetivos e desejos da corporação. A expansão digital traz oportunidades, ameaças e restrições nos ambientes corporativos, e por estes motivos, nem sempre se deve assumir integralmente estes compromissos, não isentando as áreas de TIC de estudar e estruturar estratégias para transformação digital.

Segundo o Gartnerii, podemos dividir a questão em 04 grandes etapas:

1. Exploração 

Para que estas estratégias aconteçam, os gestores de TIC precisam entender que estas estratégias passam a ser corporativas, e não somente de TIC, e devem ser integradas com seus demais parceiros internos.

Explorar com estes parceiros se estas estratégias precisam ser exclusivas da corporação, sendo de total responsabilidade sua criação, análise e atuação, ou integradas com outras companhias e parceiros de negócios.

É importante considerar o futuro e como estas estratégias serão implantadas, tanto na visão dos negócios como das áreas de TIC, podendo ser interessante a parceria com outras corporações/fornecedores para determinar melhor estas estratégias.

2. Planejamento

Estratégias exigem uma integração entre negócios e TIC. Os atuais gestores de TIC precisam fazer a conexão entre as áreas, conectando todas as estratégias criadas, desenvolvendo um planejamento que seja sustentado pelos novos conceitos e plataformas digitais.

3. Entregas

Estratégias digitais devem apoiar e criar valor para consumidores, fornecedores e funcionários. Criar e alinhar estratégias é um processo árduo, mas mantê-las passa a ser um enorme desafio, pois requer análises e ajustes constantes nas rotinas de integrações, novos modelos tecnológicos, novas plataformas, segurança, compliance entre outros, e em um momento onde nascem novos conceitos e tecnologias a cada dia, se faz necessário que os gestores de TIC acompanhem e se atualização constantemente.

4. Evolução

Como estratégias de negócios se modificam, expandem e se retraem dependendo de inúmeros fatores externos, as áreas de TIC precisam se adequar de forma mais rápida e efetiva, buscando novas soluções. Trabalhar com as demais áreas de forma constante, auxilia na tomada de decisões quanto à estas evoluções, pois mantem a proximidade e o entendimento das necessidades.

Os gestores de TIC precisam se manter próximos de seus clientes internos, concentrados na evolução tecnológica e disruptiva, para que os negócios evoluam com segurança, solidez e rapidez.

Transformação digital ainda é um tema instigante e da moda, muitos falam, mas poucos, de fato, realizam, pois, a grande maioria mantem uma visão errada do assunto. Seus gestores estão olhando quais as reais mudanças ocorrem em outros setores, não somente nos seus, mas em toda cadeia, ou apenas estão olhando a concorrência direta?

Muitas empresas falam sobre transformação digital e dizem ser digitais, simplesmente porque utilizando uma plataforma de chat plugada em seus sites. Se queremos sobreviver nos tempos atuais, temos que investir dinheiro, energia e, principalmente, tempo para se transformar efetivamente.

Temos de mudar nossas crenças, hábitos e processos antigos (e presentes), que foram excelentes e trouxeram muitas empresas aos tempos atuais, mas que não possuem mais condições de suportar a evolução e crescimento.

Temos que tomar muito cuidado e não ficar esperando! O mercado está cada vez mais competitivo, e novas companhias já nascem dentro dos conceitos atuais de transformação digital, criando lacunas entre suas estratégias, modernas e dinâmicas, e dos conceitos corporativos mais “antigos” que, por serem amplas demais, são superadas rapidamente.

A Transformação Digital está aí e, corporações que não se adequarem aos novos conceitos e tecnologias, correm o risco de serem “tragadas”.

Aproveite o Interfy com um desconto de 20%

i Administrador de empresas, professor e palestrante. Especialista em gestão de negócios, gestão documental e de processos. MBA em vendas e marketing e gestão de negócios, com atuação no Brasil e América Latina, ministra programas de treinamento, desenvolvimento e consultoria, para a área de vendas e gestão empresarial. Habilidades em coaching, liderança e humanidade. Diretor na FVCA consultores Associados e COO – Chief Operating Officer no Grupo DocSystem – INTERFY Corporation. Profissional CDIA+, há 25 anos desenvolve projetos, conceitos e treinamentos especializados.

ii Criada no final da década de 1970, por Gideon Gartner, a empresa tem atuado no ramo das pesquisas, consultorias, eventos e prospecções acerca do mercado de TI. A empresa mantém o foco na criação de conhecimento que facilite a tomada de decisão de seus 10 mil clientes — que se constituem de executivos individuais e empresas diversas em todo o mundo. O Gartner conta hoje com mais de 4.000 consultores em diversos países, e é sediada no estado do Kentucky, nos Estados Unidos.
Oops! Something went wrong while submitting the form.

Siga-nos

Porque automatizar processos tem que ser complicado?

Cada vez mais o mercado busca ferramentas de fácil acesso, fácil gestão, e de rápida implementação para melhorar os processos de negócios.

Veja Mais

O que é ECM?

O conceito de ECM - Enterprise Content Management tem sido alterado ao longo dos anos em função da evolução das plataformas tecnológicas, mas de acordo com a AIIMii - Association for Information and Image Management, “trata-se de...

Veja Mais

O que é BPM e o que ele tem a ver com o sucesso do seu negócio?

Em tempos de transformação digital, saber o que é BPM é fundamental para a estruturação de qualquer empresa. O BPM é um dos maiores responsáveis pela organização das atividades de uma instituição, pelo aumento de sua eficiência e...

Veja Mais